A Calprotectina é uma proteína ligadora de cálcio e zinco, presente nos granulócitos, e sua quantidade nas fezes depende da migração de neutrófilos da parede intestinal inflamada para a mucosa. Além disso, sua estabilidade à temperatura ambiente e sua resistência à degradação pelas enzimas proteolíticas do trato gastrointestinal fazem da Calprotectina um bom marcador fecal de inflamação da mucosa intestinal.

Para que serve o teste de Calprotectina Fecal?

Este teste mede o nível de Calprotectina nas fezes como uma forma de detectar inflamação nos intestinos. A inflamação intestinal está associada a Doença Inflamatória Intestinal (DII) e a algumas infecções gastrointestinais por bactérias. O teste é útil tanto para diagnosticar a Doença inflamatória intestinal (DDI) e diferenciá-la da Síndrome do intestino irritável (SII) , quanto no acompanhamento dos pacientes com DDI para prever as recaídas bem como no monitoramento da resposta ao tratamento.

Recentemente a ANS (Agência Nacional de Saúde) incluiu o teste de Calprotectina Fecal no ROL de procedimentos obrigatórios na cobertura dos convênios. Utilizando esse teste diagnóstico é possível reduzir em até 50% a incidência de colonoscopias que podem ser evitadas.